Navegue com privacidade no Chrome




Navegue com privacidade no Chrome

em sábado, 28 de novembro de 2015


Você sabia que até em modo anônimo você é rastreado? Já reparou que quando você está assistindo vídeos no YouTube, aparece sempre vídeos sugestivos que são baseado do seu interesse? Se você pesquisa muitos documentários, a página inicial do serviço vai sugerir vídeos que sejam documentários. Se você gosta de algum gênero musical e pesquisa algum cantor, imediatamente a página sugere outros cantores que sejam do mesmo estilo. Isso ocorre devido algumas coletas de dados que o Google sobre sua navegação.



Isso não é novidade, a própria empresa ainda esclarece o que exatamente ela usa para coletar:
Você pode ler mais clicando aqui.

Isso significa que o Google sabe suas preferências, qual o ID e IP de seu dispositivo, seja ele um smartphone ou computador. Sabe exatamente onde você mora e o que você acessa. Assustador, não? Mas, o principal objetivo é aprimorar a experiência do usuário e oferecer um conteúdo que seja do interesse dele. Se você gosta de automóveis, então o Google vai basear seus anúncios conforme as pesquisas que você realizou e vai te oferecer um anúncio para você comprar um. 

O problema é que você é constantemente estudado, estão lucrando com suas pesquisas e suas informações. Isso não é incomum de ver, existe um grande mercado na internet vendendo suas informações e seu histórico. Um exemplo disso é a Avast, empresa admitiu que coleta dados de navegação e vende para terceiros. Qual o motivo de alguém querer ver o que eu acesso? Simples, dá dinheiro. Saber o que o usuário gosta ou pesquisa é essencial para vender anúncios e produzir produtos. 


Mas, como me proteger disso? 

Você deverá revisar alguns de seus atuais hábitos de navegação na internet para evitar que vire um "rato de laboratório". O primeiro deles é

1 - Cuidado onde pesquisa e como pesquisa.


Não é só o Google que rastreia você, mas praticamente 90% dos sites rastreiam você. Por isso, cuidado. Usar alguns recurso extras podem ajudar, por exemplo, usar o DuckDuckGo como buscador. O DuckDuckGo cresceu bastante nos últimos dias, mostrando um número muito grande de usuários preocupados com privacidade. Mas, se você ama o Google e não gostaria de deixá-lo, então use o Google Encrypted Search, que é o mesmo motor da empresa só que com criptografia, saiba mais.

2 - Ativar o recurso de privacidade no navegador

O próprio Google Chrome tem um recurso que permite você informar aos sites que você não gostaria de ser rastreado. 
1- Vá nas configurações do navegador (chrome://settings)
2- Clique em "Mostrar configurações avançadas"
3 - Na sessão "privacidade" marque a opção "Enviar uma solicitação "Não rastrear" com seu tráfego de navegação"
Clique para ampliar

3 - Desconfie das suas extensões 

Clique para ampliar

Há relatos que várias extensões estão rastreando os dados os usuários, além disso, algumas delas aplicam golpe. Então reveja quais extensões você tem usado. Use apenas as necessárias e as que confia. Não navegue por aí usando qualquer site ou serviço, certifique-se que é realmente confiável. Esse artigo ajuda você a tomar ciência dos fatos.

4 - Adicione um patrono no seu Chrome 

Usar um serviço que ajuda a evitar o rastreamento é essencial. Existem vários serviços que ajudam a proteger sua atividade online. Serviços como Disconnect promete proteger contra rastreamento.

Faça bom uso do seu navegador e de sua privacidade.